26 de novembro de 2014

Saber mais é fazer melhor, ser mais completamente, não é?

Uma virtude, talvez a maior virtude da pequenez, da mesquinharia, nossa ou de outrem, é a de nos confrontar com a grandeza - o céu estrelado. Fazer o quê com aquilo que em nós é menor senão acomodá-lo no que em nós é de maior?