17 de junho de 2014

You will be alone with the gods and the nights will flame with fire

Quando comecei a fazer yoga tive de aprender uma catrefada de nomes de posturas - nem sabia o que queriam dizer. Mas o pior nem era isso, nem sequer o sentimento de grupeta semi-religiosa-espiritual, nem a cantoria, nem ai o guru laru. O pior era a alergia que o incenso barato me provocava: olhos na maior miséria, vá de espirrar, e a respiração, coisa básica, porém fundamental, toda desgraçada. Assim que atingi o nível mínimo de independência daquela zona militar, e graças à bendita Amazon, mandei vir vídeos de diferentes escolas de yoga - as tais capelinhas. E pratiquei. E pratiquei. Até poder dizer, pronto, agora vou sozinha. Entretanto, e por acidente Amazónico, descobri o anti-estilo e nenhuma escola de Tara Stiles. De vez em quando, quando me apetece companhia, faço as aulas dela.


Yoga é buscar dentro a força que lá está. Bukowsky sabia-a toda e nunca precisou de tapete.