13 de junho de 2013

Ó meu rico Santo Antoninho, não te desgraces...

ISTO ASSIM NÃO PODE SER, MEU RICO SANTO!
Ó meu rico Santo António
Isto assim não pode ser
Tenho um Amor e não sei
Onde raio se foi esconder
E ele - espero que triste
Há-de ter pensamento igual
Ó malvada mulher que fugiste
E que grande é Portugal!
Ó meu rico Santo António
Isto assim não pode ser
Estou aqui estou a apagar
A vela que acabei de Te acender