22 de setembro de 2015

Hola, Vitamix, quiero decirte una cosita...

Hola...

Não é exactamente um segredo bem guardado que gosto de cozinhar. Tudo. Não é que não coma, de vez em quando, comida mistério-fabril - já aqui confessei que ando na Koka, mas pouco. Ou gulodices e gourmezices. E quem diz a Koka-mistério diz o Heinz-Ketchup-mistério. Sei lá eu o que aquilo leva, e onde e como, e ó se os como de gosto... Mas prefiro fazer. Tudo. A pasta e o molho de tomate. A maionese, o hummus, o leite, logo que não implique ter uma vaca na varanda, uma coisa assim de amêndoa ou do que tiver na despensa. Também bebo leite-leite, claro, mas muito menos, tal como os iogurtes, escolho os de agricultura biológica. E vingo-me nos belos queijos artesanais.
Faço sumos verdes diariamente. Não, não é de hoje, nem lhes chamo detox nem de emagrecimento porque nem desintoxicam nem emagrecem, alimentam. E de outras cores também os faço. Na centrifugadora. Ora, a maior parte da fibra, na centrifugadora, perde-se. Porém nos batidos, nas sopas, cremes e purés, recupera-se. 
Não tenho uma Vitamix. Só uma varinha mágica e uma liquidificadora banal a precisar de reforma pois rachei o copo ao usar frutos vermelhos congelados num batido. Não está capaz. Hoje queria fazer um batido geladinho. Pensei o que já estou farta de pensar desde que escanequei o raio da liquidificadora: está na altura de comprar uma, vou comprar a melhor, faz tudo e é resistente que se farta. E hoje, além de o pensar, decidi-me. Vou ao site da Vitamix para saber quem a vende - não a queria encomendar na Amazon. Há a questão da voltagem porque a marca é norte-americana e não se trata de um iphone... Não quero pegar fogo às tomadas. E é cara e eu sou prudente - bem sei, bem sei, sexy é ser impulsiva... olhe, azarucho. Queria uma demonstração de belo funcionamento em voltagem e eficácia portuguesas.
Fiquei a saber que em Portugal não há uma loja que a venda. Uma alma que faça a demonstração. Só Bimbys. Demonstradoras de Bimbys. Revistas de culinária para Bimbys. A Bimby é a Barbie das meninas crescidas... No entanto, nem tudo está perdido. Se quiser uma Vitamix da gama empresarial, o meu revendedor local está, como o próprio nome indica, pertinho. Numa cidade de nome Madrid. É já ali ao virar para Spain.