30 de dezembro de 2013

A cautionary love tiny tale

Run, Baby, Run
- Se queres que vá, dá-me a chave para abrir a porta.
- A porta não está trancada.
- Então, porque não consigo sair?
- Vives no passado, o futuro nunca chegará.