29 de outubro de 2013

Não faz meu coração fronteira com o teu?

NÃO FAZ MEU CORAÇÃO FRONTEIRA COM O TEU?
O meu amor veio ter comigo num sonho.
É daí que o conheço. Não faz mal.
Também profetas, poetas,
filósofos, e até mesmo Deus que fala
pela voz das ervas e as arde são verbo de sonhos
e cria-se o mundo. A lâmpada de Edison
o que é se não for um sonho?
O meu amor só vem ter comigo enquanto sonho.
Não faz mal. Nunca me disse uma palavra,
mas dá-me a mão.
Ele que durante o dia fecha os olhos para não me ver
esta noite beijou-me  a boca três vezes -
o teu sangue não pára de dar cor às minha faces.
O meu amor vem ter comigo no meu sono:
quando adormece, volta para casa.
Não faz meu coração fronteira com o teu e O teu sangue não pára de dar cor às minhas faces, são versos do poema Reconciliação, das Baladas Hebraicas, de Else Lasker-Schüler, traduzidas para o português por João Barrento e publicadas pela A&A.