11 de março de 2013

Porque hoje é segunda-feira


POEMAS COM ADÉLIA PRADO DENTRO - ii
SEGUNDA-FEIRA DE ESPERANÇA

Hoje segunda-feira todas as segundas
dia da criação
fazemos com esperança e de lábios vermelhos
o céu e a terra e a todas as criaturas
alimentadas de leite e mel
Sexta-feira à noite
em escuro preto de luto
contemplaremos a nossa obra
levantou-se ruiu
e respiraremos fundo o novo fôlego
já para segunda
- isto se não tivermos morrido quarta-feira à tarde
de uma surpresa branca
que daria cabo do fim-de-semana