29 de outubro de 2012

04 - POEMAS DO NOVO MUNDO

KITTY DEAN 
- foda-se -
O amor não é fogo que arde sem se ver
Tal como a esperança não é aquela
Coisa com penas, ainda que sejam penas
Em língua inglesa, o que lhes dá logo
Outra categoria -  penar em português
É coisa pobre, lá está, de mal amado em lume
Brando, invisível. Frangos camonianos de churrasco.
Restos de jantar de quem comeu. Adiante.
O amor não é isso nem porra nenhuma:
Não se consegue pensar, não se pode dizer,
Criaturas finitas, somos da cabeça aos pés,
Pequenos para a infinita desgraça galinácea
Com poético molho de barbecue.
Dizer eu amo-te, ou dizer não te amo,
Vale o mesmo excepto para
A primeira pessoa de Wittgenstein.
Fazer como quem ama e não amar,
Amar e fazer como quem não ama,
Induzem no mesmo erro a terceira pessoa
Do mesmo filósofo. Lixe-se a poesia
E a filosofia.
E quanto ao amor?
Foda-se.