17 de julho de 2012

Porque hoje é terça-feira

DESDE O OSSO ATÉ AO OSSO
É muito tarde para despedidas
Podemos inaugurar um silêncio tremendo
como o que sucedeu à feitura do mundo -
porque dizer adeus requer que saibamos ser
um sem o outro um sem a memória do outro
e essa página de esquecimento não existe
no livro da vida lá onde nos conhecemos
desde o osso e até ao osso 
desde a escuridão do pó onde se tece a matéria 
à clara voz do riso
Inauguremos então o silêncio tremendo
mas diariamente
farei como sempre
como no tempo da fala
o caminho de sempre
de lanterna acesa
para alumiar o longo corredor estreito
e abrirei ao fim os portões altos
para escoar a noite nas asas das primeiras aves
e até aos limites da aurora