16 de julho de 2012

Porque hoje é segunda-feira

DE MIM É O TEU CORPO
Terra sagrada de mim
é o teu corpo
e o meu nosso amor
que trouxemos
para celebrar
à sombra das aves
Derrama-se o sol
sobre as nossas
varandas mãos estendidas
de agarrar o tempo
e todo o ar do céu
fugido do peito
que o quer respirar
Dos frutos
que me dás a provar
o sabor dos dedos
O mais é nada